Rss Feed
  1. A árvore generosa

    domingo, 29 de setembro de 2013


    Título: A árvore generosa
    Título original: The Giving Tree
    Autor: Shel Silverstein
    Tradutor: Fernando Sabino
    Editora: CosacNaify
    Número de páginas: 60
    Publicação no Brasil: 2006
    ***
    Esse comovente livro supostamente direcionado ao público "infantojuvenil" me foi apresentado pela amiga Sol Yokoi quando nos encontramos pela primeira vez, se não me engano, em 2009. Nos falávamos virtualmente e, quando fomos nos encontrar pessoalmente, ela me levou para a Livraria da Vila, onde ela havia trabalhado antes de ir para uma editora. Ficamos mais na sessão de livros infantojuvenis da loja e ela me apresentou vários outros livros incríveis. Então este post é uma homenagem a ela.

    O livro A árvore generosa foi escrito pelo poeta, escritor de livros infantis, letrista e cartunista Shel Silverstein [Sheldon Allan Silverstein] (1930-1999) e publicado originalmente em 1964 pela editora Harper & Row - atualmente HarperCollins - depois de várias recusas de outros editores, que afirmavam que o livro era muito triste, que ficava entre a literatura infantil e a adulta e que não venderia, que a história era muito curta. Às vezes os editores erram feio: este é o livro mais conhecido de Shel e foi traduzido para 30 idiomas. 

    Shel Silverstein (foto tirada daqui)

    Shel Silverstein se divertindo com as crianças (foto tirada daqui)

    Shel contou em uma entrevista que, quando criança, queria ter sido um talentoso jogador de beisebol e ter feito sucesso com as garotas, mas, como não sabia jogar nem dançar, começou a escrever e desenhar.

    A árvore generosa foi seu segundo livro a ser publicado (depois de Leocádio, o leão que mandava bala [Lafcadio, the Lion Who Shot Back]) e traz a história de uma árvore, uma macieira, que amava um menino. Ela o amou desde quando ele era criança até que ele ficasse velho, dando-lhe tudo o que podia. Uma leitura possível é a árvore representando os pais, que sempre querem dar tudo que podem aos filhos e continuam amando-os para sempre; outra leitura é a de que nós, como seres humanos, esgotamos o que a natureza oferece do momento em que nascemos até o fim da vida. Há, ainda, várias outras leituras possíveis. De qualquer forma, a história é triste, mas bonita.

    Abaixo, o vídeo de animação do livro inteiro narrado pelo autor:



    Shel faleceu em 10 de maio de 1999 de ataque cardíaco.

    Curiosamente, em um de seus livros, há esse verso:

          WHEN I AM GONE
           When I am gone what will you do?
           Who will write and draw for you?
           Someone smarter — someone new?
           Someone better — maybe YOU!

    [tradução minha abaixo]
       
             QUANDO EU ME FOR
             Quando eu me for, o que você vai fazer?
             Quem vai escrever e desenhar para você?
             Alguém mais esperto — alguém novo?
             Alguém melhor — quem sabe VOCÊ!
     
    Site oficial: http://www.shelsilverstein.com/
    ***

    STRUDEL DE MAÇÃ

    Receita tipicamente alemã. A massa também pode ser feita com massa folhada comprada pronta (da próxima vez, usarei esse tipo de massa!).


    Ingredientes:

    Massa:
    350 g de farinha de trigo
    25 g (1 colher de sopa) de manteiga ou margarina
    1 ovo
    1 gema para pincelar
    30 g de açúcar
    1 xícara de água
    gotas de vinagre (usei gotas de suco de limão)

    Recheio:
    6 maçãs (usei as da Turma da Mônica, que vêm em um pacote, acho que o tipo é gala)
    2 colheres de farinha de rosca
    5 colheres (sopa) de açúcar
    2 colheres de sopa de manteiga ou margarina
    60 g de uva passa sem semente
    60 g de nozes moída 
    1 colher (sopa) rasa de canela em pó
    açúcar de confeiteiro para polvilhar

    Modo de preparo:

    Massa:

    Ferva a água e a manteiga (ou margarina). Em uma vasilha, coloque metade da farinha peneirada, o ovo, o açúcar e as gotas de vinagre (ou suco de limão) e misture. Depois, acrescente a água com a manteiga e misture. Acrescente o restante da farinha e, se precisar, acrescente mais, até dar o ponto, quando a massa não grudar mais nas mãos.


    Cubra a massa e deixe descansar por pelo menos uma hora.

    Enquanto isso, prepare o recheio.

    Recheio:
    Descasque as maçãs e rale-as na parte mais grossa (com os buracos maiores) do ralador.



    Retire o excesso de água espremendo as maçãs raladas com as mãos.


    Acrescente a farinha de rosca (para absorver um pouco mais a água das maçãs raladas), o açúcar, as uvas passas, as nozes moídas, a manteiga e a canela. 


    Misture tudo.


    Montagem:
    Forre a superfície da mesa ou pia com papel filme. Reparta a massa ao meio e abra-a com um rolo, de forma que ela fique bem fina:


    Cubra a massa com metade do recheio, espalhando-o bem.




    Com a ajuda do papel filme, enrole a massa.



    Unte a forma com manteiga ou margarina e coloque o strudel.

    Pincele a gema. (Pincelei a manteiga e depois a gema, mas imagino que apenas a gema é suficiente.)



    Repita o procedimento para o restante da massa e do recheio.


     Coloque no forno médio pré-aquecido por aproximadamente uma hora.


    Espere esfriar a polvilhe o açúcar de confeiteiro.



    Pode ser servido com uma bola de sorvete de creme ou com chantilly.


    |


  2. 0 comentários:

    Postar um comentário